Como usar um serious game para treinamento na sua empresa

Os serious games têm sido cada vez mais utilizados como método de treinamento por diferentes empresas. Porém, muitas delas podem não conseguir atingir o objetivo de capacitação pretendido devido a alguns equívocos.

Um deles é a tentativa de recriar um cenário completo e abrangente ao mesmo tempo que ignora habilidades importantes de serem trabalhadas.

O uso incorreto dos games em um programa de capacitação pode fazer com que a metodologia perca toda a sua vantagem desencorajando o maior engajamento dos alunos, mesmo preparando um mundo lúdico para o aprendizado. Por exemplo, mesmo um treinamento prático, quando muito longo, pode se tornar cansativo e fazer com que o aluno perca o interesse, comprometendo o engajamento inicial.

Treinamentos teóricos são mais focados em conceitos e não ultrapassam a barreira do imaginário. Nesse contexto, os serious games entram para complementar o aprendizado focando na aquisição de habilidades práticas, como o desenvolvimento da comunicação, o trabalho em equipe, a assertividade, etc. (soft-skills).

Como exemplo, considere um game desenvolvido para o treinamento da equipe de vendas. O jogo insere os vendedores em determinado cenário onde eles deverão aprender sobre um produto e realizar uma venda. O imaginário torna o treinamento muito mais interessante e não deixa de ensinar conceitos como negociação, análise de cenário e estudo do produto. O ensino acontece por meio da prática.

Com base nesse exemplo, veja agora algumas dicas eficientes de como usar um serious game para o treinamento na sua empresa:

1. Defina as prioridades de aprendizado para o treinamento

O primeiro passo é considerar o conjunto de conhecimentos e habilidades que se pretende alcançar para estruturar o ambiente mais adequado possível. Então, tenha como objetivo principal motivar os aprendizes a colocarem em prática os conhecimentos teóricos adquiridos.

Eles precisam vivenciar as consequências das suas ações no game e perceberem que a mudança de comportamento é necessária para o desenvolvimento da capacitação deles ao longo do treinamento. Essa experiência deve contribuir para um aprendizado melhor e mais duradouro.

Outro fator importante a ser considerado é a necessidade de estabelecer uma capacitação contínua dos profissionais no programa de treinamento.

2. Mantenha o foco no objetivo do treinamento

Para que o treinamento com serious games tenha melhores resultados, o ideal é que ele não abranja tanta informação de uma só vez. O excesso de informações e a diversidade de cenários aplicados pode prejudicar o aprendizado dificultando a memorização.

Além disso, fatores como necessidades fisiológicas podem interromper um momento importante para o aprendizado se o game possuir objetivos muito longos.

Devido a esses problemas, procure ser o mais objetivo possível. Elimine exercícios e conteúdos considerados desnecessários nesse momento para garantir que o aluno não perca o interesse no programa de treinamento.

3. Adote o serious game como método de avaliação

Um serious game pode ser utilizado para avaliar o nível de habilidade que os profissionais possuem antes mesmo do desenvolvimento do programa de treinamento. Essa etapa é extremamente importante para desenvolver uma capacitação com base nas deficiências de cada aprendiz e tornar o treinamento muito mais eficiente.

Além disso, para medir o nível de aprendizado adquirido e programar um desenvolvimento na medida certa para cada profissional, a avaliação pode ser feita após o treinamento.

Agora que você já sabe como utilizar corretamente o serious game para treinamento, comece hoje mesmo um planejamento de capacitação dos profissionais da empresa e alcance maiores níveis de competitividade no mercado.

SERIOUS GAMES: POR QUE USÁ-LOS PARA TREINAR VENDEDORES?