O conceito de "Aprender Fazendo" em treinamentos corporativos

O Learning By Doing, ou Apender Fazendo, está intimamente relacionado ao autodesenvolvimento. As técnicas envolvem o ensino e aprendizado através de atividades experimentais. Com o processo Learning By Doing, os colaboradores constroem seus valores, conhecimentos e habilidades a partir de experiências, e o aprendizado é enraizado de forma consciente, enquanto a atividade é desenvolvida, praticada constantemente.

Por que usar games em um treinamento

Os games são uma excelente ferramenta para o treinamento corporativo: a experiência de um jogo não é apenas altamente agradável; ela também permite testar conhecimentos, aumentar o engajamento e melhorar as habilidades e atitudes. Utilizados em diversos tipos de treinamentos, sejam eles técnicos ou conceituais, os games permitem desenvolver competências como análise de situações, pensamento crítico, negociação e tomada de decisão. Pessoas envolvidas em games desenvolvem o pensamento estratégico e melhoram a sua capacidade de concentração, melhorando a sua eficiência profissional. Essas são apenas algumas questões que podem ser desenvolvidas com a utilização de games.

4 dicas para desenvolver soft-skills na equipe

Um programa de treinamento é fundamental para promover o desenvolvimento dos profissionais na empresa. O problema é que, não existem apenas conhecimentos teóricos para serem aprendidos, e os resultados positivos no negócio podem depender muito mais de habilidades que não podem ser aprendidas através de um curso ou aula tradicional. A solução pode ser o desenvolvimento de soft-skills nos colaboradores.

Serious Games: por que usá-los para treinar vendedores?

Uma equipe de vendas bem treinada é uma das chaves para o sucesso de uma empresa. Afinal de contas, é ela quem fica em contato direto com os clientes, na “linha de frente da batalha”. E se os vendedores não estiverem bem treinados e atualizados com as melhores técnicas e práticas, acabarão não gerando os resultados esperados pela empresa, nem contribuindo para o seu crescimento no mercado competitivo da atualidade.

Como os games podem ajudar em um ambiente virtual de aprendizagem

Com a evolução das tecnologias, o ensino ganhou novas metodologias e ferramentas que aliam um aprendizado mais eficiente, rápido e na medida certa. O AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem) e o LMS (Learning Management System) representam bem o que estamos falando. Porém, o que muitos gestores de ensino não sabem é que esse método de aprendizagem pode ser ainda mais potencializado se contar com a ajuda dos games.

Conhecimentos explícito e tácito: por que os colaboradores precisam adquiri-los?

Além de não estimularem os profissionais, eles ainda consomem o tempo da equipe e geram altos custos, que na maioria das vezes não são convertidos em benefícios para a organização. Um treinamento adequado seria aquele que, além de transmitir conceitos teóricos para os colaboradores, os permitem colocá-los em prática. Dessa maneira, eles ganhariam tanto os conhecimentos explícitos como os tácitos.

5 fatos interessantes sobre Serious Games

Os Serious Games estão ficando cada vez mais populares no universo corporativo, e muitas empresas já estão comprovando os seus benefícios. Mesmo assim, muitos gestores de RH ainda não confiam em todo o potencial dessa metodologia de treinamento, e acham que ela não é vantajosa para a realidade de seus negócios. E é neste ponto que eles se enganam, pois os Serious Games são bastante benéficos para qualquer empresa que os utilize.

Com usar um serious game para treinamento na sua empresa

Os serious games têm sido cada vez mais utilizados como método de treinamento por diferentes empresas. Porém, muitas delas podem não conseguir atingir o objetivo de capacitação pretendido devido a alguns equívocos. Um deles é a tentativa de recriar um cenário completo e abrangente ao mesmo tempo que ignora habilidades importantes de serem trabalhadas.

Qual é o treinamento mais caro do mundo?

Nos dias de hoje, podemos listar alguns problemas que são bem característicos em grande parte das empresas: baixa produtividade, equipe desmotivada, um alto índice de turnover, entre outros. Esses pontos podem ser resolvidos com um bom programa de treinamento, porém, muitas vezes a capacitação da equipe é tratada de forma improvisada.

Você sabe se seus usuários realmente aprendem sobre os conteúdos no seu LMS?

Com o avanço das tecnologias web para treinamentos surgiram também dúvidas a respeito de suas funcionalidades e as possibilidades de obter seu melhor aproveitamento. Podemos fazer essa reflexão sobre os Sistemas de Gestão da Aprendizagem, mais conhecidos como LMS – Learning Management System. Este tipo de software auxilia no ensino à distância, na aplicação de treinamentos e cursos. Trata-se de um recurso poderoso que facilita e permite ter uma visão gerencial sobre as capacitações. Esse tipo de sistema é indicado para organizações que atuam com a formação dos seus colaboradores, além de escolas ou qualquer outra entidade que capacita e treina recursos humanos. Mas será que é simples adotar um LMS?