O que não pode faltar no seu Plano Anual de Capacitação

Um Plano Anual de Capacitação é um planejamento essencial para atingir eficiência dos recursos humanos em empresas com um processo de gestão maduro. Trata-se da identificação e gestão das necessidades de capacitação dos colaboradores frente às competências de cada indivíduo na organização.

Muitas empresas se esforçam para garantir a qualificação profissional através do Plano Anual de Capacitação, porém a presença cada vez maior das novas gerações no mercado de trabalho tem mostrado que métodos convencionais de treinamentos não entregam mais resultados satisfatórios.

Neste contexto, destacamos 03 dicas para ajudar na elaboração do plano, veja a seguir!

1. Faça um mapeamento das capacitações

Este é um item bastante óbvio, porém nem sempre bem executado. Realizar um mapeamento das capacitações significa identificar áreas e assuntos semelhantes, destacar prioridades e identifiar gargalos e riscos. Áreas que apresentam baixo índice de desempenho, problemas na produtividade, quebras constantes de equipamentos, alto índice de acidentes de trabalho e problemas de comunicação e cooperação entre colaboradores podem ser indicadores valiosos para apontar a necessidade de treinamento da equipe.

Com os problemas identificados, você pode estabelecer um plano de capacitação voltado para soluções com foco em resultados. Aponte as soluções possíveis para as melhorias e transforme isso em conteúdos aplicáveis em treinamentos. Defina como devem ser capacitados os profissionais (treinamentos mais indicados para o problema), quais profissionais devem ser treinados, em que local, tempo previsto para a capacitação e o instrutor mais adequado para o tipo de treinamento.

2. Utilize a tecnologia para ajudar no treinamento de equipes

Para colocar em prática o plano anual de capacitação, a utilização de algumas tecnologias é fundamental. Elas podem servir como verdadeiras aliadas do processo e ainda garantir resultados mais satisfatórios ao programa de treinamento. Muito além dos métodos convencionais, treinamentos aplicados com foco na prática devem apresentar resultados superiores ao colocar o profissional em contato com equipamentos simulados. Além disso, situações de risco e de melhorias podem ser criadas para estimular a mudança comportamental sem colocar vidas e equipamentos em perigo durante a aplicação do treinamento.

O uso de serious games, por exemplo, permite que a capacitação seja aplicada em forma de jogos de treinamentos. O ambiente é totalmente interativo e o divertimento é utilizado com fins educativos. A metodologia se encaixa perfeitamente para a capacitação de profissionais que atuam nas áreas financeira e contábil da empresa, mas pode ser eficiente também em outras áreas. Tudo vai depender da adequação do ambiente e da criação de cenários ideais que se encaixem ao contexto desejado.

O simulador virtual, por outro lado, possui a capacidade de oferecer um ambiente ainda mais complexo e interativo. As modalidades de maior imersão contam com equipamentos de óculos 3D, assentos que se movimentam, painéis com botões e indicadores, alavancas, volantes e pedais. É perfeitamente indicado para o treinamento prático de operadores de guindastes e outros equipamentos pesados, motoristas, pilotos de avião e a simulação de combates militares. Com a ajuda dessas tecnologias, o colaborador aprende fazendo.

3. Avalie os resultados da capacitação aplicada

É na avaliação dos resultados que você poderá descobrir se os problemas identificados no mapeamento das capacitações foram solucionados. Para isso, atribua uma nota ou observações que descrevam se os comportamentos foram adequados, as habilidades foram aprimoradas o suficiente e os conhecimentos passados foram capturados.

Na utilização do serious games e do simulador virtual, o próprio software utilizado indica resultados obtidos com os treinamentos, apontando uma possível necessidade de reaplicação ou o êxito alcançado para a capacitação. A ferramenta é muito útil nesse processo e tudo é realizado de forma automatizada. O sistema transforma dados coletados em informação, contribuindo para eliminar os riscos ou falhas de uma avaliação manual de forma equivocada e ajuda a reduzir o tempo necessário para a execução dessa tarefa.

Como pode ver, elaborar um plano anual de capacitação é uma tarefa simples e, considerando a sua importância, é fundamental para garantir que a empresa mantenha um desenvolvimento de forma sustentável e com grande vantagem competitiva no mercado.

Baixe o Ebook Saiba como usar Serious Games a favor do treinamento de profissionais