fbpx

Sua empresa atende à NR12?

O desenvolvimento econômico da última década possibilitou um forte crescimento do parque industrial brasileiro, colocando o país numa posição de destaque na rota do comércio internacional. A qualidade reconhecida dos produtos e serviços despertou o interesse dos investidores estrangeiros e a indústria se fortaleceu, ganhando robustez. Nesse sentido, as normas regulamentadoras possuem um importante papel no desenvolvimento industrial e contribuem para um fortalecimento ainda maior.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), no ano de 2014 foram registrados cerca de 222 mil acidentes no manejo de máquinas e equipamentos industriais, e desses 600 casos resultaram em morte de operadores. Diante desse cenário, a nova Norma Regulamentar 12 (NR12) foi promulgada com o intuito de reverter esse quadro de riscos para um ambiente de trabalho mais seguro e produtivo.

222 mil acidentes...

No manejo de máquinas e equipamentos industriais. Esse dado foi divulgado em uma pesquisa realizada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), número do ano de 2014, e desses 222 mil, 600 casos resultaram em morte de operadores. Diante desse cenário, a nova Norma Regulamentar 12 (NR12) foi promulgada com o intuito de reverter esse quadro de riscos para um ambiente de trabalho mais seguro e produtivo. E sua empresa, atende à NR12?

 Exemplos de perigos que podemos encontrar em uma máquina.

O que é a NR12?

Através do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o regimento da NR12 tem como finalidade estabelecer regras que ditem práticas mais seguras no ato de conduzir máquinas e equipamentos industriais. O objetivo é minimizar os riscos de acidentes, preservando a integridade física de operadores e consequentemente evitando prejuízos patrimoniais para a empresa.

Por que é importante atender à NR12?

A proposta da NR12 é definir requisitos mínimos de medidas de segurança com base em referências técnicas para garantir que práticas mais adequadas sejam executadas na hora de conduzir uma máquina ou equipamento industrial. As normas incorporam a capacidade de um operador reconhecer e avaliar os riscos envolvidos em uma operação e estar apto para tomar decisões rápidas de correção, ou a devida utilização de dispositivos que coloquem o sistema em estado de alerta e segurança quando ocorrer alguma falha técnica ou humana nos processos. Dessa forma, o treinamento e a capacitação de operadores tornam-se fundamentais para o atendimento à NR12.

  • Proteções adequadas

  • Procedimentos adequados

  • Capacitação do fator humano

Atender à NR12 é importante para aumentar o grau de confiabilidade dos processos e operadores, reduzir riscos e custos com perdas de máquinas e equipamentos e garantir um ambiente de trabalho mais seguro. Tudo isso proporciona uma melhora da imagem da empresa no mercado e deixa os sócios/acionistas satisfeitos com a viabilidade do negócio.

Como funciona a NR12?

A apreciação dos riscos é o primeiro passo para o estabelecimento da NR12. Técnicos em segurança do trabalho identificam os perigos envolvendo os processos que expõem operadores em contato com o calor e fogo, eletricidade, engrenagens elétricas e mecânicas e radiações ou emissões resultantes de transformações químicas.

Após o mapeamento dos perigos, é feita uma avaliação para determinar o grau de riscos apresentados e, por fim, estabelecido um conjunto de procedimentos, como o uso de proteções adequadas para o corpo, mudanças de atitudes e a capacitação de operadores através de treinamentos.

Simulação virtual e a NR12

Muitos processos industriais precisam ser executados com a máxima eficiência e os simuladores permitem que os operadores atinjam a sua melhor performance. Com o treinamento baseado na simulação de uma realidade virtual, as situações de risco podem ser criadas sem colocar em perigo o patrimônio da empresa e a vida do colaborador.

Cada vez mais as empresas estão adotando essa metodologia de treinamento também por não ser necessário interromper o processo produtivo ao destinar máquinas para tal uso. Além disso, o treinamento vai além de apenas reconhecer os instrumentos e seu manuseio, permitindo simular as situações de riscos mais comuns, o que não pode ser feito com os métodos de tradicionais.

Os simuladores virtuais são importantes aliados para alcançar melhores resultados, aumentando o desempenho produtivo, agregando maior eficiência aos processos e melhorando a tomada de decisões dos operadores diante de uma situação de risco.

Assista o vídeo e conheça o SIMULADOR da série A8000