Oniria Participa do Brasil Offshore Com o Simulador SGO

No mês de junho a Oniria participou da Feira do Brasil Offshore – Feira e Conferência da Indústria de Petróleo e Gás, a primeira feira mais importante do Brasil e a terceira maior do mundo no mercado Offshore, em Macaé-RJ. Foram cerca de 700 expositores, sendo 56 internacionais, que apresentaram tecnologia e inovação de forma prática. A Oniria expos no estande de seu cliente MainCrane e aproveitou a oportunidade para entregar o SGO – Simulador de Guindaste Offshore.

Na Operação de Movimentação de Cargas com Guindastes Offshore, que representa uma atividade de alto risco, não é tolerável o erro humano. E por isso, que a decisão do uso de simulador virtual ganhou força, pois conforme dados de 2014 da ARC Advisory Group, NAMUR, US DOE, fatores de risco e a grande complexidade da operação, necessitam de maior cuidado e atenção.

De acordo com a decisão do uso de simulador virtual, a Oniria desenvolveu o produto SGO, em que é possível a redução de custos e desgastes, evitar riscos e ao mesmo tempo permitir treinar situações de riscos e mau funcionamento, onde em equipamentos reais se tornaria inviável essa possibilidade. E com profissionalismo conseguiu alcançar as expectativas das indústrias e empresas.

Na feira o público conheceu mais de perto o simulador, que superou expectativas com a tecnologia e praticidade.

Na Feira Brasil Offshore, o público pôde conferir a eficácia e praticidade do simulador. Segundo Nícholas Bender Haydu, CEO da Oniria, o SGO faz a simulação de guindaste Offshore. “É uma ferramenta de treinamento, que recria as condições de um guindaste real, mas dentro de um ambiente controlado, permitindo ao aluno, ao treinando praticar a forma correta de operar um guindaste Offshore”.

É certo que a Simulação Virtual é a melhor e mais rápida ferramenta para reter o aprendizado. De acordo com a NTL – Institute for Applied Behavioral Science, os simuladores são capazes de adquirir o aprendizado em cerca de 78%, enquanto por outros métodos atingem no máximo 20%. E o retorno sobre o investimento no uso do equipamento é mais rápido, em alguns casos em menos de um ano, na maioria dos casos, o operador já está apto a iniciar o trabalho, segundo a pesquisa da ARC Advisory Group.

A Oniria é reconhecida pela excelência de projetos e inovação. Com todo o controle tecnológico nacional, as soluções em Simulação Virtual da empresa atendem demandas que vão desde o aprendizado do processo e da perícia, até na melhoria do comportamento do operador em situações críticas.

ASSISTA o Vídeo: SGO no Brasil Offshore