Você sabe se está planejando treinamentos da maneira correta?

No mercado corporativo, quem está planejando treinamentos está preocupado com a produtividade da equipe. Embora o programa de treinamento seja um aliado da empresa, ele torna-se um vilão quando mal elaborado ou mal executado.

Para o fundador e diretor do quadro de associados da ITrain (International Association of Information Technology), “as empresas ainda não valorizam plenamente o treinamento”. Muitas ainda insistem em promover atividades ultrapassadas, como lançar informações sobre um assunto para o colaborador estudar e avaliar seus resultados como se fosse uma prova. Com isso, ele não consegue se identificar com os conceitos para aplicá-los em seu dia a dia na empresa, gerando baixa produtividade e resultados negativos. Neste ponto, surge uma questão: como você pode promover treinamentos da maneira correta? Acompanhe.

1. Crie um objetivo para o treinamento

O primeiro passo para elaborar um treinamento eficaz é definir um objetivo para ele. Por que sua empresa precisa de um treinamento? É para melhorar a performance dos colaboradores, atualizá-los sobre um novo processo, atender uma exigência legal, de clientes ou simplesmente para vender mais? Ao responder essas perguntas, você saberá o real propósito do treinamento, podendo alinhá-lo às necessidades da empresa. Os objetivos também precisam ser muito claros, e o treinamento deve ser de fácil compreensão e adaptado para cada setor da empresa. Livre-se daqueles programas padronizados, que não se adequam ao real cenário da organização.

2. Saiba o que os colaboradores precisam fazer

Após definir os objetivos, você precisa despertar o interesse dos funcionários para o treinamento. Afinal, colocá-los numa sala e bombardeá-los com palestras ou dar-lhes um determinado assunto para estudar não são mais ações suficientes e eficazes. Ao invés disso, liste as ações e comportamentos que os membros da equipe precisam fazer para atingir os objetivos traçados. Se o objetivo for melhorar a performance da equipe, por exemplo, você pode estipular um prazo mais curto para a entrega das atividades. Dessa forma, eles aprenderão com suas próprias ações e desenvolveram habilidades surpreendentes.

3. Desenvolva uma atividade prática para cada ação

Nesta terceira etapa, pense em atividades práticas que sejam ágeis, objetivas e que possam ser aplicadas em escala. Com elas, os colaboradores poderão praticar os comportamentos previstos em cada ação. Contudo, o desenvolvimento dessas atividades normalmente demandam custo e tempo elevados para a empresa. Para solucionarem esse problema, muitas empresas estão adotando os games de treinamento, que são produzidos para atenderem toda essa demanda. Eles fazem o uso da lógica e da mecânica dos jogos e os aplicam no contexto empresarial, estimulando a mudança de comportamento dos funcionários e construindo um aprendizado significativo.

4. Identifique as necessidades dos colaboradores

Por último, identifique apenas aquelas informações que os colaboradores precisam processar para atingir os objetivos, deixando de lado as que não são relevantes. Afinal, as chances de atingir um alvo crescem quanto você aponta para ele, correto? Esse método permite que a equipe centre seus esforços nas atividades estipuladas, o que acaba deixando-a mais propensa a ter um impacto mensurável nos negócios. Quanto ao game de treinamento, ele é uma simulação do ambiente empresarial que permite facilitar o treinamento e aprendizado dos colaboradores.

Os games empresariais estão diretamente associados à simulação de realidades no dia a dia das organizações, através dos quais os funcionários buscam aprender novas alternativas, atitudes e comportamentos que refletem as suas decisões. Os benefícios gerados por eles são inúmeros, e vão desde a tomada de decisão de maneira mais pautada e realização de atividades práticas com escala, até a minimização de riscos, visualização de tendências, diminuição de custos e aumentos dos lucros. Muitas empresas desenvolvem games para treinamento com essa abordagem, como a Oniria. Ela apresenta as melhores soluções do mercado, baseadas em Gamificação para demandas corporativas de treinamento e engajamento.

Conheça o Simulador de Guindaste da PETROBRAS