75% dos líderes são insatisfeitos com treinamentos

No ano de 2015, cerca de 356 bilhões de dólares foram investidos por empresas ao redor do mundo em formação e treinamentos de seus colaboradores e líderes. Tal investimento não vem, porém, trazendo os resultados esperados: de acordo com artigo publicado pela Harvard Business Review, em uma pesquisa realizada em 2011 com aproximadamente 1500 gerentes sênior de 50 companhias diferentes, 3/4 dos entrevistados (75%) se disseram insatisfeitos com o treinamento corporativo oferecido por suas empresas.

Os investimentos em formação e treinamento foram apontados como fatores fundamentais para alcançar os resultados corporativos por apenas 1/4 dos profissionais que participaram da pesquisa. Mas a que se devem estes números diante do massivo investimento realizado pelas companhias?

O principal problema costuma estar relacionado não ao treinamento em si, mas à dificuldade encontrada pela equipe em aplicar os conhecimentos adquiridos à realidade do dia a dia e à estrutura organizacional vigente. Entenda quais são os fatores que podem atuar como barreira para um treinamento corporativo eficaz, as possíveis soluções para o problema e como a gamificação pode ser uma delas:

Treinamento corporativo: onde está o problema?

As principais dificuldades e barreiras enfrentadas pelas empresas costumam ser:

  • Falta de clareza e baixo envolvimento da equipe com relação aos objetivos, estratégia e missão da empresa;

  • Problemas relacionados às lideranças internas que comprometem o trabalho em equipe e a comunicação;

  • Falta de coordenação entre diferentes áreas e funções dentro da empresa, devido a uma estrutura mal organizada;

  • Dificuldade dos colaboradores em conversar de forma aberta com seus superiores sobre os obstáculos enfrentados pela empresa.

Soluções para o treinamento corporativo

https://giphy.com/gifs/funny-dog-math-UKkes2qN2T70s/download

Missão, visão e valores da empresa

É importante despertar a consciência da equipe em relação aos objetivos da organização, incentivando-os a pensar sobre sua missão, visão e valores. Para tal, é interessante começar pelas lideranças, que devem não somente definir com clareza a estratégia da empresa, mas também atuar para inspirar e motivar suas equipes com relação a esta.

Notas anônimas

Incentivar que gerentes e suas equipes escrevam anonimamente sobre o que consideram ser as barreiras enfrentadas, considerando estas notas para redefinir questões de responsabilidade e relações dentro da empresa.

Na medida em que a equipe tem consciência dos objetivos da organização e os gestores das barreiras identificadas por suas equipes, é possível dar início ao treinamento. A etapa “know” ou consciência do funil de gamificação consiste em identificar pontos que podem ser corrigidos na estrutura empresarial e promover entre os colaboradores e a liderança a consciência dos valores e da missão da empresa.

Treinamento

O treinamento pode ser iniciado com um processo de coaching, oferecendo à equipe uma visão mais geral da empresa, seu funcionamento, sua estrutura e suas atividades cotidianas. A identificação de problemas e pontos de melhoria contribui para que possa ser desenvolvida uma estratégia de treinamento voltada para a obtenção de resultados. Além disso, é interessante que atenda às necessidades e perspectivas de crescimento profissional e qualificação dos funcionários da organização.

A etapa “learn” ou aprendizado do funil de gamificação está relacionada ao processo de capacitação e treinamento, utilizando-se de diferentes narrativas, formas de interação e mecânicas de jogos para estimular o aprendizado no ambiente corporativo.

Engajamento e reconhecimentos dos colaboradores

A realização de treinamentos deve contribuir para o engajamento dos colabores com relação aos objetivos da empresa. Para tal, é interessante que os treinamentos contem com um processo de feedback bem estruturado, bem como formas de demonstrar reconhecimento pelos resultados alcançados pelos colabores ao longo e ao término de sua realização.

Criação de lideranças

Como parte das soluções para o aprendizado e a capacitação no ambiente corporativo, é interessante definir sistemas para o desenvolvimento de talentos e a formação de novos líderes, colaboradores que portam grandes conhecimentos técnicos e experiência, engajados em relação aos objetivos da empresa.

Referência: Harvard Business Review

Como você avalia os treinamentos corporativos na sua empresa? Compartilhe sua opinião com a gente nos comentários!

Leia Também: Por que você DEVE UTILIZAR A GAMIFICAÇÃO para engajar sua equipe?

GAMIFICAÇÃO E ENGAJAMENTO: 2 termos que devem fazer parte do treinamento da sua empresa

Baixe o eBook: Como Adotar Uma Plataforma de Gamificação.