Gamificação no trabalho em 3 passos

A gamificação ganha cada vez mais espaço no mundo corporativo. Um dos principais motivos para isso é que este é um recurso com alto potencial para aumentar o engajamento e a motivação intrínseca dos colaboradores. No entanto, como são muitas as possibilidades de uso da gamificação, ainda existem dúvidas em relação a como ela pode ser aplicada no dia a dia de trabalho de uma equipe.

Antes de implementar a ideia, é importante perceber que existem três elementos principais na gamificação: ferramentas, processos e pessoas. Quando eles estão articulados e são utilizados de forma estratégica, os jogos ajudam a equipe a entender melhor o significado das suas responsabilidades e a ver um sentido pessoal nos objetivos da organização. Isso é essencial para que os membros de um time trabalhem com mais entusiasmo e produtividade!

Veja como garantir isso, com o uso da gamificação, em três passos:

Pessoas

  • Conheça o perfil de cada membro da equipe

O foco principal da gamificação é o comportamento das pessoas. Os jogos são utilizados no contexto corporativo com o objetivo de reforçar atitudes que geram resultados positivos tanto para o colaborador, que tem oportunidade de fortalecer o seu perfil profissional, quanto para a empresa.

Outro ponto importante relacionado à gamificação é que esta é uma estratégia capaz de promover a motivação intrínseca das pessoas. Esta é uma motivação que vem de dentro para fora; mexe com valores, sonhos e emoções. Por vir de dentro da pessoa, ela é muito mais sólida e traz resultados mais duradouros do que a motivação que vem de fora (o uso de incentivos, como viagens dadas a colaboradores que se destacam, é um exemplo de motivação extrínseca).

Se o foco são as pessoas, é preciso conhecê-las, certo? Por isso, o primeiro passo para estabelecer uma estratégia de gamificação eficiente é conhecer as pessoas que formam o time: seus interesses, aspirações e as percepções que elas têm do trabalho realizado na empresa.

Processos

  • Crie uma metáfora ou história sobre os processos de trabalho

A gamificação no trabalho implica em fazer o dia a dia de trabalho mais parecido com um jogo. Para isso, é preciso fazer que os processos de trabalho sejam percebidos de uma outra forma. A gamificação faz isso através de metáforas, ou história sobre os processos de trabalho que tenha mais significado do que números, tabelas e indicadores, tornando um processo de trabalho racional um pouco mais emocional.

A ideia é fazer com que a equipe veja além das tarefas, relatórios e gráficos e que passem a fazer uma relação mais pessoal e emocional com as suas principais responsabilidades na empresa. Quando isso acontece, o engajamento e o comprometimento com a empresa são muito maiores.

Ferramentas

  • Aplicando a gamificação com tecnologia

A gamificação pode fazer uso da tecnologia a seu favor, e as ferramentas de trabalho são um ótimo meio para coletar as informações do que está sendo feito e dar o feedback para as pessoas de como elas estão desempenhando o esforço necessário.

Tais ferramentas compreendem tudo aquilo que a equipe utiliza para realizar seu trabalho, pode ser um CRM, um sistema de gestão de projetos, a ferramenta de E-mail, ou mesmo um LMS para treinamento. Uma estratégia de gamificação incluir alguma automação no trabalho para facilitar o processo e ao mesmo tempo dar mais significado.

A Oniria desenvolveu a tecnologia ideal para articular pessoas, processos e ferramentas, o Oniria Gamification Engine (OGE). Uma plataforma para criar regras e critérios que alinhem os objetivos da organização com os objetivos pessoais dos membros da equipe, estimular comportamentos e gerenciar a estratégia de gamificação de forma unificada.

Conte com a gamificação e as soluções da Oniria para motivar e engajar os membros do seu time. Entre em contato e saiba como podemos contribuir para que os seus colaboradores trabalhem com mais qualidade.

Leia Também: COMO OS GAMES ESTÃO ALINHADOS COM A NEUROCIÊNCIA

Conheça Algumas SOLUÇÕES PARA TREINAMENTO DE UMA GRANDE EQUIPE

Baixe o Ebook: Como Adotar Uma Plataforma de Gamificação