O papel da prática no aprendizado

Conhecimentos são melhor apreendidos quando combinam teoria com prática. Por isso, não basta fazer palestras e enviar vídeos para que os colaboradores da sua empresa aprendam sobre a instituição, os produtos comercializados ou outras informações relevantes para a rotina de trabalho. É preciso estimular a sua participação e usar a prática para garantir que os treinamentos serão mais eficientes.

Mas qual é o real papel da prática no aprendizado? De que forma ela ajuda a “fortalecer” o cérebro e a facilitar a compreensão do conhecimento? Como inseri-la nos seus treinamentos e capacitações? Contamos tudo isso a seguir:

Por que é preciso praticar para ser efetivo ?

Colocar atividades prática nos treinamentos é essencial para torná-los ainda mais eficientes. Além disso fazer com que o processo fique mais dinâmico e interessante para o colaborador, também faz com que o conhecimento seja apreendido com mais rapidez e eficácia. Por isso, podemos afirmar que a prática tem um papel fundamental no aprendizado.

É ela que faz com que o profissional veja como os ensinamentos teóricos podem ser aplicados no dia a dia de trabalho, por exemplo. Mas você sabe como os exercícios práticos influenciam as atividades cerebrais?

Segundo pesquisas, os exercícios que fazemos contribuem para que os caminhos neurais fiquem mais rápidos e eficientes. Isso acontece porque a prática fortalece as células que isolam os axônios que ficam na matéria branca do cérebro.

Este isolamento é essencial para prevenir a perda de energia dos sinais elétricos utilizados pelo cérebro. Quanto mais camadas de isolamento, melhor os sinais elétricos conseguem se mover pelos caminhos neurais – algo que explica porque a prática frequente de exercícios ajuda a melhorar o desempenho de atletas, por exemplo.

Saiba mais sobre esta explicação científica no vídeo abaixo (legendado), produzido e compartilhado pela iniciativa TED-Ed:

Outro ponto importante citado no vídeo que merece destaque é o fato de que, tão importante quanto a frequência do treinamento, é a qualidade e a eficiência da prática incluída na capacitação. Para isso, é preciso escolher atividades focadas na empresa e no objetivo da capacitação.

Treinamentos práticos nas empresas

Existem inúmeros treinamentos práticos que podem ser realizados na empresa para melhorar a produtividade e o desempenho dos seus colaboradores. Esta prática é essencial para que eles percebam como a teoria pode ser aplicada na rotina de trabalho e para que o conhecimento transmitido na capacitação vá além das salas de treinamento.

Uma empresa que conte com um time de vendas, por exemplo, pode criar diversos cenários, por meio das simulações, para que os profissionais da área aprendam a contornar diferentes argumentos e a lidar com desafios. As práticas incluídas também contribuem para o desenvolvimento de habilidades como comunicação, facilidade para trabalhar em equipe e eficiência no gerenciamento de pessoas, entre outras.

O uso de games e simuladores para praticar o conhecimento

Para que seja eficiente, a prática deve ser relevante para a rotina de trabalho dos colaboradores que estão participando da capacitação. Ela também deve ser focada nos objetivos que a ação deve alcançar. Além disso, é importante escolher estratégias que permitam que os seus funcionários participem ativamente do processo de aprendizagem. Dois excelentes exemplos para isso são os serious games e os simuladores virtuais.

Realizados em uma plataforma virtual, os games permitem que os colaboradores testem e reforcem conhecimentos. Para isso, eles devem ser adaptados ao contexto da empresa e dos funcionários que estão em treinamento.

Com este método, é possível lançar desafios e ver como cada funcionário lida com a situação. Também é possível capacitá-los para que eles apresentem melhores reações e, assim, desenvolvam o seu perfil profissional.

Dois exemplos de benefícios de inserir a prática por meio dos games são o foco em soluções e o feedback positivo que contribui para a construção da segurança.

Saiba mais: Como os games estão alinhados com a neurociência

Os simuladores também são um exemplo de solução que ajuda a levar a prática ao treinamento dos seus funcionários. Eles simulam equipamentos e processos o mais próximo da realidade, utilizadas rotineiramente na empresa, para permitir que os colaboradores pratiquem os seus conhecimentos técnicos com segurança, sem consumo de recursos e desgaste, promovendo economia para a empresa.

Leia Também: COM USAR UM SERIOUS GAME PARA TREINAMENTO NA SUA EMPRESA

Saiba também como usar REALIDADE VIRTUAL (VR) para treinamentos

Assista ao vídeo: Como usar o Game de Atendimento para treinamentos práticos.