É possível usar gamificação com a sua equipe de vendas?

A ideia de gamificação no trabalho traz algumas dúvidas para quem deseja melhorar resultados usando conceitos de games: a prática funciona em qualquer setor da empresa? É possível melhorar as vendas e fazer com que os colaboradores mantenham a estratégia do negócio alinhada? Trabalhar com gamificação não atrapalha minha equipe de vendas? gamificação não é sinônimo de alta competitividade?

Para a sorte das empresas as equipes de vendas são as que mais se beneficiam do uso dessa prática, mudando o conceito de metas comuns que fazem com que os funcionários se acomodem depois de atingi-las. Nesse post você vai entender um pouco mais sobre o que é gamificação no trabalho, e como aumentar as vendas usando essa estratégia. Acompanhe!

O que é gamificação para equipes de venda?

Conceitos muito usados em jogos digitais como pontuação de acordo com êxitos, ter que seguir regras, controle de tempo, e receber feedbacks e reconhecimento pelas suas ações, são práticas comuns em processos de gamificação, e fazem com que funcionários sejam até 43% mais produtivos.

A forma como isso é aplicado no trabalho varia muito de acordo com a dinâmica dos setores, mas as equipes de vendas facilitam a implantação por já trabalharem com algo que tem resultados muito mensuráveis. Definir uma meta de resultado e saber o lucro que um vendedor deve trazer ao negócio é só o primeiro passo do processo. A grande diferença está em definir uma meta de esforço para a força de vendas.

A diferença

Em um modelo tradicional de vendas, o profissional que tem como meta pessoal – ou até mesmo estabelecida – de vender o suficiente para conseguir faturar R$ 5.000,00 vai se sentir satisfeito assim que atingir esse valor. Isso faz com que ele se acomode e não busque maneiras de fechar mais negócios até o mês seguinte. 

Já através de um modelo que trabalha com gamificação, esse mesmo vendedor pode ter uma meta estabelecida de visitar 3 clientes por dia, e mesmo que ele consiga fechar um negócio que renda os R$ 5.000,00 ele ainda precisaria continuar visitando outros clientes para conseguir manter sua meta. Isso faz com que seja possível manter a equipe sempre ativa, sem depender da sorte de um negócio mais rentável, e recompensar o esforço de cada um. 

Equipes de vendas são competitivas

Um dos principais motivos de gamificação funcionar muito bem com equipes de vendas é que elas precisam de estímulos. Isso já é explorado em rankings, feitos por lojas e empresas, onde o vendedor que conseguir mais resultados e conseguir manter as metas ganha prêmios, uma porcentagem maior em bônus, ou até benefícios especiais. Por isso, a produtividade constante e o feedback que acontece mais facilmente motiva sua equipe de vendas a conseguir resultados melhores.

Mas é importante também sempre levar em consideração a forma como seu time interage antes de aplicar estratégias que não se encaixem com a sua realidade. Algumas equipes de vendas funcionam de maneiras diferentes e trabalham melhor em grupo, o que pode fazer com que a motivação necessária seja incentivar os vendedores a atingirem objetivos através de um esforço conjunto.

Como trabalhar a gamificação com equipes de vendas?

A gamificação da força de vendas é feita para reconhecer conquistas e esforços, identificar problemas e pontos fortes para um feedback com mais qualidade, e ao mesmo tempo estimular a colaboração e o trabalho em grupo para atingir um objetivo comum. Os incentivos tradicionais são uma ótima forma de começar o processo, mas com o uso de novas tecnologias – como apps integrados e ferramentas criados com o propósito de facilitar a comunicação e melhorar o envolvimento do vendedor na gamificação – é possível explorar novas formas de realizar o processo com a sua equipe de vendas.

Conseguir dar feedbacks constantes, reforçando boas práticas – como uma colaboração do grupo que foi bem sucedida – ou cobrando atitudes para evitar a repetição de erros, é algo que se torna muito mais simples com o uso de tecnologias. Controlar a evolução e melhoria constante do funcionário, incentivando-o com pontuação, medalhas e personagens também são formas de melhorar o desempenho. 

Enquanto isso, também é essencial incentivar a competição saudável – que fica muito mais interessante com o formato adotado por novas tecnologias, através de rankings e personagens competindo em corridas ou escaladas, por exemplo – para que a equipe mantenha-se interessada, alinhada aos objetivos, e recompensar os vitoriosos com prêmios interessantes. 

Ao mesmo tempo, os vendedores precisam ter um acompanhamento constante e a possibilidade de conversar com seus superiores e mentores para manter a motivação, e aprender novas técnicas para atingir melhores resultados.

Como a gamificação melhora as vendas?

Usar a gamificação para o treinamento de vendas e aplicá-la no dia a dia pode trazer resultados notáveis. Entre atingir metas de maneira mais efetiva e vender mais, podemos destacar alguns benefícios que acontecem por etapas dentro do funil da gamificação:

Os vendedores entendem melhor o negócio:

com as ferramentas da gamificação fica mais fácil difundir os objetivos da empresa ao time, adotar o discurso de vendas certo e propagar o valor do produto aos clientes da forma esperada;

A equipe de vendas aprende mais:

com o suporte das ferramentas e treinamentos direcionados, a gamificação ajuda o time a ficar mais assertivo e preparado, e os vendedores tomam iniciativas para buscar mais negócios para a empresa;

Os vendedores ficam mais engajados:

com feedbacks constantes e reconhecimento perante aos colegas, a equipe de vendas fica mais motivada e se mantém engajada.

A gamificação deixa o gerenciamento mais simples:

com mais transparência na forma como os vendedores atuam, gerir a equipe de vendas se torna uma tarefa mais fácil e efetiva

Como adotar uma Plataforma de Gamificação